Arquivo da tag: EPDM

Viton ou EPDM?

Vários são os aspectos que devem ser analisados na hora de escolher um selo mecânico: a medida de trabalho, o diâmetro do eixo, o material das faces, das partes metálicas, a vedação…e é na vedação onde ocorrem falhas frequentes quando o assunto é a escolha da vedação ideal.

Muitas pessoas pedem selos com vedação em viton sabendo que ela é muito utilizada em selos que entram em contato com fluidos corrosivos. De fato, o viton é uma borracha muito resistente e indicada para diversas aplicações, mas existe também a vedação em EPDM, que pode ser mais eficiente que o viton.

As vedações de viton e EPDM tem características semelhantes, como boa flexibilidade ao trabalhar em baixas temperaturas, são resistentes à agentes oxidantes, ao ozônio, ao sol.

Ao mesmo tempo que estas borrachas tem características semelhantes, a grande diferença entre elas é que o viton tem grande resistência a derivados do petróleo (como óleos, combustíveis, lubrificantes e solventes), e o EPDM resiste à cetonas e acetonas (usadas como solventes, vernizes, perfumes e alimentos).

O ideal é informar o fluido que será bombeado para que nós possamos indicar a melhor opção de vedação para sua bomba. A vedação que será usada no selo, se utilizada corretamente, aumentará a vida útil do selo, minimizando a manutenção das máquinas.

A Borracha Nitrílica

A borracha nitrílica ou Buna (NBR), conhecida como borracha de vedação comum nos selos mecânicos fornecidos pela Interseal é uma borracha que pertence à família das borrachas sintéticas que são, quase que na sua maioria, obtidas através de um algum componente derivado do petróleo, geralmente o gás chamado Butadieno. Alguns dos principais tipos de borrachas sintéticas são: NBR, SBR, Bromobutyl, EPDM, Neoprene, Silicone, Hypalon, Viton, entre outras.
A NBR foi descoberta durante um forte trabalho para desenvolver uma borracha com boa resistência à gasolina, óleos, abrasão, impermeabilidade a gases e muito boa estabilidade térmica. Foi no ano de 1931 que pela primeira vez apareceu uma referência à borracha nitrílica num documento relativo a uma patente francesa abrangendo a polimerização de butadieno e acrilonitrilo.

A borracha nitrílica e suas variações mostram-se muito versáteis, podendo ser aplicada para produção dos mais diversos tipos de artefatos que exijam principalmente resistência derivados de petróleo e temperatura condizentes com o tipo de NBR escolhida.

Quanto à resistência química, referimos que os vulcanizados de NBR apresentam:
Boa resistência química:
- aos hidrocarbonetos alifáticos como, por exemplo, propano, butano e benzina;
- aos líquidos hidráulicos dificilmente inflamáveis do tipo HCF;
- ao óleo e massa mineral;
- à água;
- a muitos ácidos diluídos, bases e solução salina à temperatura ambiente.

Média resistência química:
- aos combustíveis com alto teor aromático;
- aos líquidos hidráulicos do grupo HFA dificilmente inflamáveis e do grupo HFB.

Fraca resistência química:
- aos hidrocarbonetos aromáticos, por exemplo, benzeno;
- aos hidrocarbonetos clorados, por exemplo, tricloroetileno;
- a solventes polares, por exemplo, acetona.

Devido ao seu preço, o NBR é usado em aplicações onde, para além de boas propriedades mecânicas e/ou boa resistência à fadiga dinâmica, é também exigida boa resistência ao inchamento em óleo e/ou em gasolina, boa resistência ao envelhecimento por calor e à abrasão. É utilizada na indústria em geral, indústria automotiva e no setor dos óleos minerais.
O NBR é tipicamente usado em o-rings estáticos, membranas, foles, tubos e mangueiras tanto para aplicações hidráulicas ou pneumáticas quanto para transporte de hidrocarbonetos alifáticos (propano e butano), correias transportadoras, material de fricção, cobertura de rolos para diversos fins especialmente para as indústrias de pintura e têxtil e solas para calçado de segurança. Também é bastante usado na indústria alimentar.

Fonte: http://www.rubberpedia.com/borrachas/borracha-nitrilica.php
Fonte: http://www.elastotec.com.br/publicacoes_tecnicas/ELASTOTEC_Borracha_Nitrilica.pdf
Fonte: http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAJZ0AF/borracha-doc
Imagens: Google